Cresce o interesse por conhecer vinícolas e degustar vinhos


Conheça o Enoturismo

O turismo de vinho é uma nova modalidade de viagens que tem atraído milhares de viajantes do mundo. No Brasil, o ideal é viajar entre janeiro e março, pois é a época de verão e da colheita das parreiras. Já se for ao Chile e Argentina, prefira os meses de março e abril. Para conhecer as vinícolas da Europa, a melhor época é entre maio e outubro.

Como já é conhecimento de todos o nosso Estado do RS se destaca na produção, industrialização e comercialização de vários tipos de uvas e consequentemente ocupamos o destaque de maior produtor nacional de vinhos. A região da Serra Gaúcha é a nossa maior produtora de vinhos, coolers, suco de uva e espumantes. Sendo destaque na demanda elevada de turistas que deixam expressivos valores em compras destes produtos, bem como hotelaria, restaurantes e passeios, propiciando uma elevada renda geradora de muitos empregos e negócios para estes municípios.

Aliado a esse importante “alimento” o vinho criou um segmento no turismo destinado a atender os apreciadores (enófilos) em viagens enológicas (enoturismo) pelo mundo todo. No mundo, inicialmente, 13 países eram considerados os mais importantes na produção de vinhos, sendo eles em ordem e tamanho de produção:

Velho Mundo (Europa) França, Itália, Espanha, Portugal e Alemanha.

Novo Mundo (América do Sul) Chile, Argentina, Brasil e Uruguai

América do Norte (EUA) Califórnia

África: África do Sul

Oceania: Australia e Nova Zelândia

Nos dias atuais, o professor Júlio Anselmo, mineiro, especialista a mais de 30 anos ministrando cursos, palestras, degustações e consultorias, diretor do site “academia do Vinho” e autor de livros como “Guia dos vinhos brasileiros 2001”, depois o livro “O vinho no gerúndio” e sendo sua última publicação “Volta ao mundo em 20.000 vinhos” , obra esta que congrega os principais países vinícolas do mundo em um só guia e, mais ainda: é um guia que contém informações curtas e objetivas sobre as principais regiões vinícolas de cada país, sua indicação em mapas simplificados e uma relação dos seus melhores vinhos e produtores, apresentados em ordem alfabética, dos quais os de maior destaque estão indicados em negrito. Trata-se, portanto, de um guia mundial, objetivo e ágil, propiciando ao leitor consultas rápidas em suas viagens e compras de vinhos. Nesta obra o autor o autor estendeu sua pesquisa a outros países e continentes e o livro acabou por contemplar 72 países!

Dividido em Velho e Novo Mundo, o livro começa pelas 44 nações vinícolas europeias, desde as mais famosas, como França, Itália, Espanha e Portugal, até as menos conhecidas, como Holanda, Eslovênia, Romênia e Croácia. Completando o Velho Mundo, são focalizados 8 países da Ásia. No Novo Mundo estão contemplados 20 países vinícolas, entre os quais se destacam Brasil, Argentina, Chile, Uruguai, Estados Unidos, África do Sul, Austrália e Nova Zelândia. Ou seja, ele contém mais de 20.0000 vinhos e/ou produtores de praticamente todos os países vinícolas existentes no mundo!

Como não poderia deixar de ter outro grande diferencial do livro é que ele apresenta os 70 países vinícolas em três roteiros de viagem. O primeiro se inicia no Brasil em direção à Europa, nela entrando pela sua porção mais próxima, a Península Ibérica. Assim, o primeiro país europeu a ser explorado é Portugal, seguido da Espanha, depois França, Itália e assim sucessivamente, até o leste Europeu e Ásia. O segundo roteiro é o das Américas e a viagem vai do Brasil ao Uruguai, passa pela Argentina e se estende até os países da América do Norte. A África e a Oceania integram o último roteiro.


Vinícola Aurora brinda 90 anos com 26% de crescimento nas vendas

No ano em que os brasileiros fizeram com que o consumo per capita de vinho aumentasse de menos de 2 litros para 2,8 litros, a Aurora vendeu 4,2 milhões de caixas do produto, somando vinho fino e de mesa, com destaque para o crescimento de 100% na comercialização de vinhos finos em relação a 2019, com a venda de 9,7 milhões de litros. Esse volume representa 40% do total de vinhos finos brasileiros comercializados em 2020 (24,2 milhões de litros). Vinícola Aurora completa 90 anos no próximo domingo, 14 de fevereiro, com motivos de sobra para comemorar. Líder de mercado em vinhos finos, em suco de uva e em coolers, a empresa fechou o ano de 2020 com crescimento de 26% nas vendas de todos os produtos na comparação com 2019 e com faturamento de R$ 701 milhões, o maior da história da empresa, resultado da comercialização de 81 milhões de litros.

Mas não são apenas os números que traduzem a trajetória de sucesso da Vinícola Aurora. Para o diretor superintendente, Hermínio Ficagna, é a dedicação das 1,1 mil famílias cooperadas, dos mais de 500 funcionários e também da direção da empresa a receita para a superação dos desafios impostos em 2020.

– A Aurora chega aos 90 anos podendo se orgulhar desta caminhada. O ano de 2020 provou que existem valores que vão além do resultado comercial, de negócios, mas que é fundamental termos empatia, valorizarmos as pessoas que fazem a história da nossa empresa. Muitas delas escreveram páginas importantes e chegamos ao capítulo dos 90 anos revigorados, reforçando esse espírito cooperativista, mas também focados nos avanços tecnológicos, na busca cada vez mais constante pelo aprimoramento dos nossos produtos e pelo estreitamento da relação da empresa com o consumidor”, sintetiza.

O presidente do Conselho de Administração da Vinícola Aurora (biênio 2020-2022) e viticultor associado à cooperativa, Renê Tonello, corrobora com o diretor superintende.

A excelência manifestada pelos dirigentes resultou na conquista de 731 medalhas em concursos nacionais e internacionais chancelados pela Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), que faz com que a Aurora seja a vinícola mais premiada do Brasil.

Para ilustrar a busca constante por novidades, a empresa lança, em média, cinco produtos por ano. A Aurora também investe na elaboração de vinhos de diferentes regiões produtoras e prepara outras novidades que chegarão à mesa dos consumidores ainda neste semestre.

– São produtos que expressam diferentes terroirs, que valorizam as variedades mais emblemáticas de cada região e que são voltados para os diferentes públicos e mercados. Teremos novos rótulos para os consumidores do suco de uva, novos produtos premium e também nos produtos de maior volume – informa Ficagna.

Entre as novidades que serão apresentadas no nonagenário da empresa está um vinho comemorativo, que deverá chegar ao mercado ainda no primeiro trimestre.


A Vinícola Aurora em números:

Agricultura familiar:    

1,1 mil famílias associadas

2,8 mil hectares de área cultivada em 11 municípios da Serra Gaúcha: Bento Gonçalves, Veranópolis, São Valentim do Sul, Guaporé, Cotiporã, Monte Belo do Sul, Santa Tereza, Pinto Bandeira, Vila Flores, Farroupilha e Garibaldi

Mais de 60 variedades de uvas cultivadas. Entre as principais: Merlot, Cabernet Sauvignon, Chardonnay e Pinot Noir (Vitis Viníferas) e Isabel, Concord, Seibel e Bordô (Americanas e Híbridas)

Previsão para a safra 2021: mais de 70 milhões de quilos de uva


Estrutura:

Três parques industriais em Bento Gonçalves e uma unidade de produção em Pinto Bandeira

135 mil m² de área construída em Bento Gonçalves

500 funcionários

replicas relojes


Comercialização:

R$ 701 milhões em faturamento em 2020, que representa um crescimento de 26% em relação ao ano de 2019 e, pelo segundo ano consecutivo, melhor desempenho da história da empresa

saat replika

Mais de 80 milhões de litros envasados em 2020

Produtos vendidos para todos os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal, sendo São Paulo, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro os principais compradores

868,2 mil litros exportados para 18 países, sendo China, Holanda, Paraguai, Haiti, Estados Unidos e Japão os principais compradores

Escritórios administrativos no Rio Grande do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro e representantes comerciais em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal

Representes comerciais na China, nos Estados Unidos e em Portugal, além de importadores em outros países

220 produtos, divididos em 13 linhas: Aurora, Pequenas Partilhas, Casa de Bento, Conde de Foucauld, Reservado Marcus James, Keep Cooler, Sangue de Boi, Country Wine, Maison de Ville, Saint Germain, Prestige, Brazilian Soul (marca destinada ao mercado externo) e Clos des Nobles

Líder de mercado nacional nas categorias vinhos finos, suco de uva integral e coolers

fake rolex


Enoturismo:

Pioneira no enoturismo na Serra Gaúcha (1967)

109,3 mil visitantes em 2020:  redução de 46% em relação a 2019, quando 202,4 mil turistas visitaram a Vinícola Aurora. A retração ocorreu em função da pandemia da Covid-19 e das restrições às visitas, com limitação do número de pessoas, além do período em que o receptivo turístico permaneceu fechado.


Premiações

Vinícola mais premiada do país, com 731 condecorações conquistas em concursos brasileiros e internacionais, sendo 29 em 2020, em certames como Decanter Word Wine, Muscats du Monde, Catad’Or, Effervercents Du Monde, Brazil Wine Challenge, entre outros.

 

Fonte: Cooperativa Vinícola Aurora – Divulgação
Academia do vinho – www.academiadovinho.com.br

CONTINUE LENDO


GUTE REISE VIAGENS E TURISMO LTDA.

(54) 99705-1812

Av. Duque de Caxias, 259, Centro - Espumoso/RS | CEP: 99400-000 | CNPJ: 11.752.473/0001-61 | +55 54 3383 2380

Av. Dr. Waldomiro Graeff, 1255, Sala 04, Centro - Não-Me-Toque/RS | CEP: 99470-000 | CNPJ: 32.833.894/0001- 97 | +55 54 3332 4554

CADASTUR: 11752473000161 | 32833894000197

ACESSO WEBMAIL - ACESSO CORPORATIVO